Interações medicamentosas

Um problema inexplorado

As consequências das interações medicamentosas podem variar desde nenhum efeito adverso até a mortalidade relacionada à droga. Tal discrepância minimiza a atenção que deveria ser dada ao assunto.

Medicamento hospitalar
Responsáveis por 2 a 3% das internações hospitalares

Estudos mostram que até 11% dos pacientes apresentam sintomas associados às interações, sendo estas responsáveis ​​por até 2-3% das internações hospitalares. [1]

Eventos cardíacos adversos
Respondem por 6 a 30% de eventos adversos

Estima-se que as interações medicamentosas respondam por 6 a 30% de todos os eventos adversos a medicamentos, representando um risco significativo para a saúde do paciente. [2]

Interação medicamentosa
Taxas de interações variam em até 63%

A literatura mostra enorme potencial de ocorrência de interações medicamentosas durante a realização de prescrições médicas. Estudos encontraram taxas de interações potenciais variando até 63%. [3]

Suporte à decisão clínica em tempo real

Com a ferramenta de interações medicamentosas da Memed, além de evitar os erros devido a polifarmácia, a plataforma facilita o gerenciamento das interações.

Conteúdo atualizado e em português

A Memed disponibiliza mais de 1500 monografias de interações relativas às drogas específicas, ou grupos de drogas, além de manter o conteúdo atualizado, dos mais de 60 mil itens prescritíveis, conforme os reports do FDA e da Anvisa, e em português.

Banco de medicamentos
Alertas de interações medicamentosas

Gestão das interações

Os alertas da Memed são estruturados em três níveis de informação - evidência, ação e referência - para que a decisão da melhor conduta seja baseada de acordo com o grau de intensidade da interação, identificado pela alteração de cores, e conforme a definição do próprio médico.

Interação medicamentosa graveInteração medicamentosa moderadaInteração medicamentosa leve

Alerta inteligente

Em casos de interação medicamentosa, a plataforma emite uma notificação para que o médico possa avaliar e decidir a melhor conduta, mas sem interromper o fluxo do seu atendimento e evitando o excesso de alertas.

Revisão de interação medicamentosa
Ferramenta de interação medicamentosa

Em tempo real

A Memed torna o ato de prescrever mais seguro, rápido e prático, uma vez que não há necessidade de acessar uma segunda ferramenta para checar a existência de interações entre os medicamentos prescritos.

Saiba como funciona

Identificar e evitar uma interação medicamentosa nunca foi tão fácil.

Veja o passo-a-passo em texto
Interações medicamentosas

A proteção da conduta médica e a segurança dos pacientes em uma única ferramenta.

Ir para Memed
© Memed SA
*Todas as imagens e informações dos pacientes são fictícias e possuem apenas um caráter ilustrativo para o uso do produto. A Memed não compartilha nenhuma informação cadastral e envida os melhores esforços para proteção da privacidade de seus usuários.
Referências bibliográficas:
[1] Tragni E, Casula M, Pieri V, Favato G, Marcobelli A, Trotta MG, et al. (2013) Prevalence of the Prescription of Potentially Interacting Drugs. PLoS ONE 8(10): e78827. Disponível no link.
[2] Shahabudin Soherwardi, Bharti Chogtu, Faizal P.. SURVEILLANCE OF THE POTENTIAL DRUG-DRUG INTERACTIONS IN THE MEDICINE DEPARTMENT OF A TERTIARY CARE HOSPITAL. Journal of Clinical and Diagnostic Research [serial online] 2012 September [cited: 2018 Oct 17 ]; 6:1258-1261. Disponível no link.
[3] MOURA, Cristiano; ACURCIO, Francisco; BELO, Najara. Drug-Drug Interactions Associated with Length of Stay and Cost of Hospitalization. 2009. 7 p. Drug-Drug Interactions Associated with Length of Stay and Cost of Hospitalization (Multidisciplinar Institute of Health)- Federal University of Bahia, Vitória da Conquista, Brazil, 2009. Disponível em no link.